Celso Moreira
27/07/2022 15:50 em Música

 

Violonista Celso Moreira apresenta o show online “Lira do Bem Querer” com a participação especial de Rodrigo Borges 

A transmissão do evento acontece no dia 30 de julho, sábado, às 19h, no canal do músico no YouTube

 

Em meio à estação mais fria do ano, nada melhor que uma boa música para aquecer o final de semana. É com esse propósito que o violonista e compositor Celso Moreira, um dos expoentes da música instrumental brasileira, apresentará o show online “Lira do bem querer” com a participação especial do cantor, compositor e um dos grandes representantes da nova geração do Clube da Esquina, Rodrigo Borges. A transmissão do evento ocorrerá no dia 30 de julho, sábado, às 19h, no canal de Celso Moreira no YouTube (https://bityli.com/UTWSn).

O show, gravado no estúdio da Leve Music, em Belo Horizonte, contou com a participação dos músicos Christiano Caldas (teclados), Milton Ramos (baixo) e André Limão Queiroz (bateria). Em relação ao repertório, Celso Moreira tocará músicas autorais, com destaque para “Meu Bolero”, “O Mundo das Artes”, “Cores”, “Valsa para Helena” e muito mais.

 

O projeto, que inclui videoclipes de canções de Celso Moreira e uma série de lives shows, que vão ocorrer em diversos locais da capital mineira, tem patrocínio do Supermercado Verdemar, viabilizado por meio da Lei Estadual de Incentivo à CulturaA produção é da Favo Cultural.


Sobre Celso Moreira


Mineiro, nascido em Guanhães (MG), descende de uma família que sempre cultivou o gosto pela música, a exemplo de seu pai, Rivadávia Moreira e do irmão, o guitarrista e compositor Juarez Moreira. Aos dez anos já tocava bateria em bailes da cidade, mas ao se mudar para Belo Horizonte, em 1968, trocou o instrumento - que não cabia no apartamento - por um violão: seu companheiro de todas as horas até hoje. 

 

Durante a trajetória artística, Celso Moreira acompanhou músicos como Milton Nascimento no espetáculo Missa dos Quilombos e gravou em todas as faixas do álbum homônimo. Viajou em turnê por todo o Brasil e Espanha. Acompanhou o saxofonista Nivaldo Ornelas em turnê por cidades de São Paulo e de todos os estados do sul do país. Com este gravou também o CD “Reciclo”. Atuou também como violonista em todas as faixas do CD de Gisela Gonçalves, com arranjos e direção musical de Wagner Tiso. A partir de 1980 começou a compor e a se consagrar no meio musical, tendo recebido prêmios importantes: o Troféu “Faísca” - como músico mais atuante do ano -, assim como, duas vezes, o prêmio BDMG Instrumental como melhor músico. Participou também do festival internacional de jazz (Tudo é jazz) por dois anos consecutivos, em Ouro Preto. Neste ano também foi jurado do prêmio BDMG Instrumental, assim como do Troféu Marco Antônio Araújo (BDMG).

 

Em 2007 lançou o seu primeiro álbum solo, o CD - Celso Moreira “Autoral” com participação de Juarez Moreira e composições próprias, exclusivamente. Já em 2011 foi a vez do segundo CD, “Cenas Brasileiras”, com músicas autorais e de outros compositores, tais como Tom Jobim, Pixinguinha, Noel Rosa e Braguinha. Em 2014 gravou seu primeiro DVD composto por uma mescla do repertório de seus trabalhos anteriores.

 

Redes sociais

 

Youtubehttps://www.youtube.com/channel/UC1uLAUurU8xVM-bCmd-oYfg

Facebook: https://www.facebook.com/celsomoreiraoficial/

instagram: www.instagram.com/celsomoreiraoficial/

Foto: Lu Gontijo

 

Assessoria de imprensa

Ivana Andrade

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!