https://public-rf-upload.minhawebradio.net/2807/slider/9eb86ad631c8662382051e66887cdaf1.png
Festival Viola Orgânica
04/06/2024 18:18 em Música

Festival Viola Orgânica retorna a Contagem com novidades

Evento gratuito, que terá música, arte em grafite e poesia em cordel, será no dia 08 de junho, a partir das 10h, na Praça da Jabuticaba  

Após o sucesso da estreia em março deste ano em Contagem, o Festival Viola Orgânica retorna à cidade com novidades. Além da apresentação de violeiros – que vão destacar o som da viola caipira -, terá arte em grafite e a presença de convidados que prepararam muita poesia e cordel. O evento é gratuito e será realizado no dia 08 de junho, a partir das 10h, na Praça da Jabuticaba (avenida Pref. Gil Diniz - Nossa Sra. do Carmo, Centro), onde também acontecerá a III Feira Anual da Agricultura Urbana e Familiar. O projeto foi contemplado no Edital Movimenta Cultura, da Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Cultura.

 

A programação contará com apresentação do violeiro Bilora – que é o idealizador do festival. Acompanhado pelo músico André Oliveira (voz), ele fará show inspirado em seu último trabalho autoral, o CD “Viola Orgânica”, lançado em 2023. Entre as canções estão: “Alma de Cordas”, “Deus Proteja o Meu Amor” e “Contramão”. Bilora também vai tocar músicas de álbuns antigos, como Calango na Cidade, Suspiro e Saudade, além de releituras de clássicos do universo da viola caipira.

 

Outra atração musical será o violeiro Demá Santos que preparou uma apresentação com músicas próprias e canções regionais que se tornaram clássicos da viola caipira.

 

Arte

 

Durante o festival, a artista Zi Reis fará uma pintura em grafite cuja temática será inspirada na viola caipira.

 

Sobre Bilora

 

Natural de Santa Helena de Minas (MG) e, hoje, residente em Contagem, Bilora é violeiro, cantor e compositor. Em sua discografia possui cinco CDs gravados, o mais recente é “Viola Orgânica” (2023). Por meio de seu quarto CD "Balanciô", o violeiro recebeu o prêmio Rozini como Melhor CD de viola caipira do ano de 2012. Ao longo de seus 25 anos de carreira, foi ganhador de centenas de prêmios em festivais no Brasil. Por meio da música “Viola Inviolável”, conquistou três premiações no Canta Minas promovido pela Rede Globo Minas, em 1995, nas categorias: Melhor Melodia e Melhor intérprete. Além disso, ficou em segundo lugar na categoria geral. Também ficou em terceiro lugar no Festival da Música Brasileira promovido pela mesma emissora, em 2000, com a música “Tempo das Águas". Em 2023 realizou vários shows de lançamento do álbum “Viola Orgânica” em Minas e em outras cidades fora do estado.

 

Sobre Demá Santos

 

Nascido em Montes Claros, no Norte de Minas, Demá Santos começou bem cedo a estudar a viola caipira como autodidata. Morador de Contagem, desde 1981, gravou seu primeiro CD Viola Universal Brasileira em 2021. De lá para cá

tem disseminado seu trabalho por meio de participação em festivais e eventos em geral, como o Festival Viola das Gerais, Festival do Pequi de Montes Claros, Festival Músico de Bar da TV Alterosa, além do show beneficente Natal Solidário Beth Pimenta (2022) e Feira de Economia Solidária Estadual (2023). Suas inspirações musicais passam por Renato Teixeira, Almir Sater, Zé Geraldo e Tião Carreiro. Hoje é um dos integrantes da Orquestra de Viola Caipira de Contagem - Violas Gerais, a qual ajudou a criar no ano passado.

Foto: Ivana Andrade

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!