Morre o cineasta Joel Schumacher
22/06/2020 17:33 em Novidades

O cineasta Joel Schumacher, que ficou mais famoso por dirigir os filmes "Batman Eternamente" (1995) e "Batman & Robin" (1997), morreu hoje aos 80 anos. 

Embora tenha uma filmografia diversificada, que vai de ‘Garotos Perdidos’ (1987) a ‘Um Dia Fúria’ (1993), Schumacher ficou conhecido por dirigir dois filmes do Batman: ‘Batman Eternamente’, de 1995 (com Val Kilmer), e ‘Batman & Robin’, de 1997 (com George Clooney). Sobre este último, considerado o pior filme do herói, o diretor chegou a pedir desculpas em 2017.

Schumacher ainda dirigiu filmes como O Primeiro Ano do Resto de Nossas Vidas (1985), Tudo por Amor (1991), O Cliente (1994), 8mm: Oito Milímetros (1999), Tigerland - A Caminho da Guerra (2000), O Fantasma da Ópera (2004) e Twelve: Vidas Sem Rumo (2010). Os trabalhos mais recentes do diretor foi em 2013, com episódios da série de TV House of Cards, e em 2015 com a série Do Not Disturb: Hotel Horrors.

No ano passado, Schumacher contou, durante uma entrevista, que fez sexo com mais de 20 mil pessoas. "Fiz sexo com muitas pessoas, inclusive pessoas casadas, mas os nomes vão comigo para o túmulo (...) Isso não é incomum para um homem gay disponível. Fiz sexo com muitas pessoas famosas, mas nunca fui de beijar e sair espalhando quem dividiu a cama comigo", explicou ele na época.

Nascido 29 de agosto de 1939, em Nova York, nos Estados Unidos, o cineasta começou a carreira trabalhando na indústria da moda e entrou no cinema como figurinista. Ele concorreu à Palma de Ouro do Festival de Cannes em 1993.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!