Banda Pelos
21/06/2022 15:29 em Novidades

 Pelos – Referências: Banda icônica da cena rock de Belo Horizonte faz show em que celebra suas bases musicais

Dia 24 de junho na Casa Matriz

Pelos, uma das mais importantes bandas da cena rock de BH, realiza no próximo dia 24 de junho, às 21h na Casa Matriz (Av. Álvares Cabral, 400) o show “ Pelos - Referências” onde a banda interpreta canções que fazem parte da sua base sonora, como o próprio nome sugere. O show funciona também como uma espécie de pré-aquecimento para o próximo álbum do quinteto, que chega ainda este ano, trazendo muito da bagagem desta banda que nasceu no final dos anos 90. Os ingressos custam 20 reais (inteira), 10 reais (meia).

Este projeto é realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte.

Construções, influências e referências

Em fevereiro de 2020, ainda na ressaca de carnaval, os Pelos se encontraram em seu habitat natural – um boteco no centro de Belo Horizonte – para começar a traçar os planos para o então ano que se iniciava. Um ano especial, que marcaria as duas décadas de existência do grupo, formado em 1999 na capital mineira ainda com o nome Pelos de Cachorro, guardado afetivamente por muitos fãs até hoje. A pauta principal da reunião eram as celebrações possíveis para esta efeméride, um ciclo de shows que buscaria pactuar passado, presente e futuro.

Uma ideia central era afirmar uma banda que está no agora, mas que aproveitaria este período para também olhar para trás e perceber sua permanência, contrariando os versos escritos na primeira música do primeiro demo- álbum da banda (“Alegrias Paliativas do Leprosário'”), lançado ainda em 2006: “Teu perfil é carne morta”. Um ano inteiro para reafirmar que os jovens pretos e roqueiros que se reuniram no alto do Aglomerado da Serra ainda no final dos anos 90, seguiam vivos e celebrando décadas de atividade e ativismo. Em tempos de produções efêmeras, de estatísticas inimigas, de reconfiguração constante de cenas e cenários, isso é muito.Desce mais uma cerveja e vamos brindar!

Entre as muitas ideias estabelecidas ali – algumas delas foram materializadas e serão reveladas ao longo deste ano, como um álbum de inéditas – estava um show dedicado as muitas influências do grupo. Um conjunto de canções que os afetaram tanto como Pelos, entidade coletiva, quanto como músicos, a saber: Robert Frank (voz, piano e guitarra), Heberte Almeida (guitarra, piano e voz), Kim Gomes (guitarra), Pablo Campos (bateria) e o então novo integrante, Thiago Pereira (baixo). Desde 1999 fazendo shows, álbuns e canções que já pertencem ao imaginário da cena independente de Belo Horizonte, pela primeira vez surgiu a ideia de fazer um show completamente dedicado ao repertório alheio, covers, versões, que pudessem retratar de um ângulo diferente toda essa trajetória.

O Pelos pelos afetos. Canções e artistas que dizem também do que é feito essa banda e essas pessoas. Algumas memórias, partilhas, pequenas eleições, mais algumas cervejas, rabiscos numa folha de papel e pronto:  um show de influências já começava ali mesmo, músicas sendo cantadas, riffs sendo tocados no ar, letras que obrigatoriamente deveriam ser lembradas, pela banda e por todos.

“2020 será um ano importante pra gente”, foi a frase que acompanhou as despedidas do boteco naquela noite

E foi. Não só para o Pelos, mas pro mundo inteiro. Pouquíssimas semanas depois, ele, o mundo, ficou ao contrário e todo mundo reparou.

.............................................................................................................................................

Quase dois anos e meio depois, aqui estamos. Sensação de ter vencido tantos turbilhões, de ter lamentado muito, passado por outro tanto e seguir firmes. Apesar de todos os pesares – e eles não são poucos – o desejo maior é de ver as transformações e se transformar com elas. Foram anos muito, muito árduos, mas também foram tempos de muita produção para o Pelos. Trancados em casa, fugas ocasionais, ansiosas, mas também redentoras e pronto: há um plano novo de voo, há uma nova formação da banda, há um disco novo, o primeiro desde 2016, há projetos muitos e há o desejo de voltar aos palcos.

Há também a vontade de vasculhar o que ficou atrás, em um passado não tão recente e que ainda assombra: onde estariam aqueles rabiscos que fizemos pouco antes do caos? Parte deles estarão no palco da Casa Matriz, espaço tão importante para a história da banda, no próximo dia 24, em forma de show – o primeiro show do Pelos desde que tudo parou.

“Pelos- Referências (sons que nos influenciaram)” é o nome que batiza a viagem memorial que, de certa forma, inaugura 2022 para a banda, pelo menos em sua versão para o público (afinal, seguimos acelerados nos bastidores). É uma apresentação, basicamente, sobre o afeto: músicas que, entre tantas, também fizeram a banda ser quem ela é e que fazem parte de nossa conexão arterial com o próprio ofício de fazer canções. Isso significa, de Bauhaus à Milton, de TV On The Radio à Simon and Garfunkel (e pararmos por aqui para não dar mais spoilers), catalogar alguns dos sons que compuseram, mais do que nossa discoteca pessoal, nossa educação sentimental, desde sempre.

É também um jeito de reencontrarmos todos, em companhias mais que especiais: de algumas de nossas canções favoritas, das participações especiais de Carol Cirilo e Michelle Oliveira e, claro, de vocês. Afinal, para citar uma de nossas canções (“Eu Neon”), “não andamos sós” e, mais do que nunca, é tempo de voltarmos às comunhões coletivas, celebrar o que foi e o que (logo, logo) vêm. Ainda temos muito a fazer e mostrar neste 2022, e esse show é um ótimo começo pra gente. Esperamos que seja para vocês também.

Serviço

O QUE. Show “Referências” da banda Pelos

QUANDO. 24 de junho, às 21h

ONDE. Casa Matriz (Av. Álvares Cabral, 400 - Centro)

QUANTO. 20 reais (inteira), 10 reais (meia)

Foto: PH Aurora Fotografias

Rogério Dias 

Aclive Comunicação e Projetos

7527-0892

 

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!