Black na Live
05/03/2021 15:51 em Música

Black na Live – Festival online voltado para novos artistas da música negra abre inscrições – 5 a 10 de março

 

Desde 2017 a banda mineira Black Machine realiza uma ação itinerante pelos bairros de BH batizada de Black na Laje. A atividade, além de fortalecer artistas da música negra de BH e região, contribuía também para o fomento e a descentralização das atividades culturais, levando os palcos para as vilas e favelas e com talentos locais.

 

É deste projeto que nasce o festival Black na Live, que será realizado em cinco edições mensais, sendo que a cada edição serão convidados 2 (dois) artistas para o programa de entrevistas conduzido por um Mestre de Cerimônias: apresentações de 25 minutos de duração para cada um dos selecionados pela curadoria do projeto, totalizando 1 hora de duração. Ao todo serão dez artistas escolhidos que, além das apresentações, farão parte de uma coletânea com uma faixa cada, que estará nas plataformas digitais e ganhará também uma edição física em CD, que será distribuída gratuitamente.

 

Podem se inscrever individualmente e de forma gratuita artistas emergentes (entende-se por emergentes aqueles artistas que estejam fora do mainstream da cidade / que não possuem estrutura física e recursos financeiros para continuarem viabilizando suas carreiras),moradores das comunidades de Belo Horizonte e Região cujos trabalhos dialoguem com a estética da Black Music a saber soul, rap, funk, trap e afins.

 

 As inscrições serão realizadas de 10 de março no link https://forms.gle/SiCDGVB3Npc7REmT9 e o resultado será divulgado nas redes da banda Black Machine já a partir do dia 15 do mesmo mês. “Os artistas serão escolhidos por sua representação e discurso que dialogue com a cultura de seu território.Os artistas deverão ser emergentes e seus trabalhos relacionados à cultura negra. Haverá seleção equilibrada entre todos os gêneros”, explica a produtora executiva, Roberta Prochnow.

 

As lives com os artistas contemplados, bem como a captação dos áudios que resultará na coletânea, será realizada na Galeria Resistor no dias 10 de abril, 8 de maio, 12 de junho, 10 de julho e 14 de agosto.A coordenação do projeto é assinada por Bruno Cotta.

 

Este projeto é realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte.

 

Mapeamento e produção da música negra em Belo Horizonte

 

Um dos resultados diretos do projeto é o mapeamento de toda uma vasta e potente produção artística negra que permanece fora dos holofotes midiáticos. A capital mineira conta com diversos artistas nas periferias ainda desconhecidos do grande público. “O Black na Live visa propiciar condições técnicas e profissionais para que estes artistas ampliem o alcance de suas produções”, relata o coordenador do projeto, Bruno Cotta.Cotta ainda relata sobre o processo de adaptação do projeto para o streaming, “Em meio a tantas e diversas produções realizadas anteriormente (lançamento de álbuns, videoclipes, shows, audições...), nos deparamos com uma pandemia que, de fato, chacoalhou tudo e todos. Tivemos que repensar toda estrutura e proposta do projeto, bem como se o mesmo teria forças para sobreviver durante esse período. Neste sentido, o Festival Black na Live reuniu ações para valorizar a diversidade das culturas negras e periféricas de diferentes regionais da cidade de Belo Horizonte, bem como trabalhar estratégias para formação de público por meio da criação de conteúdos para redes sociais e plataformas de streaming desses artistas.”, conclui.

 

Sobre a GALERIA RESISTOR

 

A Galeria Resistor é um estúdio mineiro situado na zona leste de BH, em atividade há 4 anos. Especializada em produções diversas de áudio e vídeo, analógico ou digital, vem se posicionando no cenário como núcleo de produção artística multidisciplinar, atendendo demandas de artistas de diversos nichos, da pré-produção ao videoclipe, da gravação à plataforma de streaming. A gestão do espaço fica a cargo do músico e produtor Rafael Carneiro, que com 28 anos de atuação na cena musical, traz sua expertise para o estúdio, procurando atender os artistas em todas as demandas, acreditando que todas as ações são sempre multidisciplinares e complementares.

 

 

SERVIÇO:

Lançamento do Edital Black na Live

Inscrições: 5 a 10 de março

Link para as inscrições: https://forms.gle/SiCDGVB3Npc7REmT9

Resultado: 15 de março

Lives/Shows: no dias 10 de abril, 8 de maio, 12 de junho, 10 de julho e 14 de agosto

Lives produzidas e transmitidas pelo canal da Galeria Resistor: https://youtube.com/c/GaleriaResistor

 

Contatos para entrevistas

Bruno Cotta - 55 31 99834-4575

Roberta Prochnow- 55 31 99868-9754

 

Assessoria de imprensa:

Aclive Comunicação e Projetos

Contatos: 31 97527-0892/ 31 98703-8902

 

Rogério Dias 
Aclive Comunicação e Projetos
7527-0892

 

COMENTÁRIOS