Produção mineira, “O Carro da Professorinha”
07/07/2021 13:55 em Novidades

Produção mineira, “O Carro da Professorinha” é a primeira miniwebnovela do mundo

Realização tem autoria do contador de histórias Roberto de Freitas e do médico Renato Giacomini

 

 “O Carro da Professorinha” é a primeira miniwebnovela de que se tem notícia, anunciam seus autores, o contador de histórias e escritor Roberto de Freitas e o médico – e agora também escritor - Renato Giacomini. “Neste formato que fizemos não existe outra obra parecida”, conta Roberto, adiantando que eles realizaram uma extensa pesquisa, não só de contextos históricos e elementos visuais e gráficos para a produção da webnovela, mas também sobre essa forma narrativa. E por estar finalizada e já disponível em plataformas digitais, a miniwebnovela poderá ser assistida/acompanhada da forma que o internauta/espectador achar melhor: de capítulo(s) em capítulo(s) ou em uma única sessão, uma vez que a sua narrativa total não chega a uma hora de duração. A web novela é dividida em 15 partes – um prólogo e 14 capítulos com três minutos de duração média. 

Ambientada nos anos 60, “O Carro da Professorinha” conta, em sua trama principal, a história de amor de Hermelinda, jovem e sonhadora professora que alimenta seus sonhos românticos acompanhando os enredos açucarados dos filmes que assiste assiduamente no Cine Arco-íris de Tormenta das Almas, a pacata cidade do interior onde vive. Sua vida serena e prosaica será, entretanto, tumultuada por uma irresistível paixão por um jovem que chega à cidade. Outros dramas, sobre amores secretos, traições e enganos, vão preencher com mais emoções a narrativa. O carro, que tem presença fundamental e definitiva na trama, é um suntuoso Plymouth Special De Luxe Coupé, importado pelo pai de Hermelinda, um rico fazendeiro da região, e que despertará a cobiça de um misterioso personagem.

“O Carro da Professorinha” combina, portanto, um formato narrativo recente com elementos tradicionais de uma trama de ficção em capítulos: amores proibidos, ligações secretas, histórias remotas que tornam à cena, revelações surpreendentes, finais de capítulo em suspense, e, neste caso específico, implicações sobrenaturais.

A parte visual de “O Carro da Professorinha” é uma montagem de imagens variadas coletadas em bancos de imagens da internet. “Foi uma pesquisa intensa em busca de fotos e cenas que se integravam à minha narração”, diz o contador de histórias. “E tive grandes achados nesta procura”, comemora. Entre esses achados, a ‘participação especial’ do ator norte-americano Tyrone Power e a canção italiana “Dio Come Ti Amo”, que é usada como tema musical da narrativa. A presença de Tyrone Power foi sugestão de Renato, um admirador da sétima arte. Além de Roberto de Freitas, responsável pela narração, pesquisa de imagens edição e roteiro, e Renato Giacomini, coautor do texto, participaram desta produção Ednéia Giacomini, colaborando na formatação do roteiro, e o web-designer Júlio César Gomes.

 A construção do carro

A ideia para escrever “O Carro da Professorinha” surgiu recentemente. Roberto procurava temas para desenvolver com o Coletivo Artístico Flores de Pequi, para o canal no Youtube, quando lembrou-se de um carro antigo deteriorando na garagem de uma casa em um bairro de Belo Horizonte. “Então, falei com o Renato que queria criar uma história sobre um carro como aquele”. Dias se passaram até Renato Giacomini apresentar a Roberto um texto que viria a ser o primeiro argumento de “O Carro da Professorinha”. Ainda não estava pronto, segundo o contador de histórias: era um texto bonito, literário, agradável de ler, mas incontável por ter ficado extenso para o padrão web. Continuando as conversas, os dois autores chegaram ao formato final, uma narrativa em capítulos: dividiram o texto em partes e desenvolveram outras linhas para completar a história. “Produzimos, a princípio, oito capítulos, e mostramos a algumas pessoas. Aproveitamos alguns comentários, afinamos outras ideias e conseguimos finalizar a narrativa de uma forma que agradou a todos”, comenta Roberto.

A realização de “O Carro da Professorinha” como uma webnovela se deu por acaso. “Sempre tive curiosidade a respeito das imagens, mas foi só agora, com o acontecimento da pandemia do coronavírus, é que fui dedicar atenção a esse tipo de arte. Meu trabalho, que é essencialmente presencial, desde o ano passado ficou impraticável. Resolvi, então, buscar outra atividade que poderia ser feita em casa. Acabei, assim, me voltado ao computador e aos equipamentos de gravação”, conta.

O projeto e seus autores

 “O Carro da Professorinha” é a primeira parceria de Roberto de Freitas com Renato Giacomini, médico por vocação e fotógrafo e escritor por virtude. Roberto tem longa e premiada carreira como contador de histórias, com ininterrupta atuação em palcos, escolas e empresas e TV (participou da estreia do programa da Rede Minas “Dango Balango”). “O Carro da Professorinha” marca sua estreia na direção de um audiovisual. “O Roberto já havia dramatizado alguns textos curtos meus, que eu publicava no instagram juntamente com minhas fotos”, comenta Giacomini. “Conhecedor do meu gosto para a escrita, ele veio com a proposta de criar um texto especial para ser dramatizado”. De acordo com Giacomini, a confecção do texto seguiu as diretrizes de Roberto, o responsável pela narração/locução, gravação, captação de imagens e edição. “O roteiro foi construído a partir de muita conversa, através de um autêntico pingue-pongue verbal”, esclarece.

Ficha técnica

O Carro da Professorinha - miniwebnovela de Roberto de Freitas e Renato Giacomini. Narração e edição de áudio e vídeo: Roberto de Freitas. Web-designer: Júlio César. Colaboração: Ednéia Giacomini. Contatos: eraumavez@robertodefreitas.com.br e (31) 999507971.

Assista: www.youtube.com/watch?v=d8Z6S2leVXk&list=PLdRD1S62J5rjao_82y29tKBVUyNvrQxkA

Foto: Edneia Ferreira

Assessoria de Imprensa

Luciana Braga

(31) 98742-9632

 

 
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!