NÃO HÁ NADA PERDIDO PARA O CRUZEIRO!
31/10/2016 17:16 em Colunistas

Por:Guilherme Souza

     É verdade que ficou bem difícil. Uma vantagem de dois gols de diferença, sem ter feito nenhum, e ainda por cima, sofrida em seus domínios não é fácil.

O Cruzeiro terá que colocar o coração na ponta da chuteira, a faca entre os dentes e ser Cruzeiro. Não há nada impossível no meio futebolístico. E quando a bola rola, menos ainda. São onze contra onze, tradições em jogo.

O Grêmio é o maior campeão da competição com quatro títulos. Mas ao seu lado, com a mesma quantidade de taças, está o clube celeste. Por aí, já se vê o equilíbrio histórico.

É hora de ter calma, entrar na Arena do Grêmio esquecendo o ambiente hostil e muito atento na questão defensiva. Um gol gremista pode acabar com toda a tática, embora um 3x1 para os mineiros, classifica a Raposa.

Não há nada de anormal em vencer o Grêmio fora por 2x0. Resultado totalmente normal, assim como o resultado de Belo Horizonte foi normal. O que não foi normal, foi um futebol apagado do Cruzeiro, que com certeza, não se repetirá.

Para finalizar, vou citar os cinco motivos que a China Azul tem para acreditar, citados na matéria do amigo Marco Antônio Astoni, no site do Globo Esporte: Acreditar nos jogadores, A boa campanha como visitante, A volta de Henrique, Histórico na competição e o Foco na Copa do Brasil.

É hora de acreditar e de ser mortal nas chances que tiver. Está em aberto. Vale à pena acreditar!

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!