GALO BUSCA CLASSIFICAÇÃO; RAPOSA CONFIRMA FAVORITISMO!
22/09/2016 21:54 em Colunistas

POr: Guilherme Souza

 

O Galo tinha uma missão duríssima. Vencer a Ponte em Campinas. Tarefa que teria que contar com paciência e qualidade. A Ponte tem um bom time e é bem treinada por Eduardo Baptista. No Mineirão, um empate por 1x1. O que possibilitou a Ponte a começar o jogo já classificada.

Se não bastasse a pequena vantagem, o time ainda conseguiu um gol nos minutos iniciais com o centroavante Roger. O Galo estava muito apático. Irreconhecível e dava mostras que talvez estaria ali o fim da competição. No início da etapa complementar, outro castigo, desta vez um Golaço com G maiúsculo do atacante Felipe Azevedo. Sem chances para Victor. Naquela altura do campeonato, parecia que estava sacramentada a eliminação do Galo.

Quando tudo parecia perdido, Marcelo Oliveira mexeu no time, colocou Cazares e Dátolo no jogo. Sim, Dátolo, ele que não atuava já havia um bom tempo. E com essas alterações, a história da partida e do Galo começou a ser mudada. Cazares colocou Lucas Pratto frente a frente com Aranha aos trinta minutos do segundo tempo, o argentino não desperdiçou. Ali estava acesa a chama de esperança do atleticano e de volta o grito: "Eu Acredito!".

Ainda restavam aproximadamente vinte minutos para o fim da partida e o time alvinegro precisava de mais um gol para se classificar. Foi todo para cima do time de Campinas. Aos quarenta minutos da etapa final, após sobra de um escanteio, o artilheiro atleticano no ano, Robinho, empatou o jogo, escrevendo mais uma página histórica de reversão de resultados do Atlético. Fim de jogo, Galo classificado e a "Massa" acreditando mais do que nunca.

__

A Raposa entrou em campo bem tranquila após o enorme resultado construído no Rio de Janeiro contra o Botafogo. Um resultado de cinco a dois, que permitia perder até por um placar de três a zero. Nem mesmo o Botafogo acreditava sequer em alguma reação, tanto que o técnico Jair Ventura poupou vários titulares. Com isso, o comandante celeste também aproveitou para poupar titulares desgastados e que têm uma batalha no fim de semana diante do Flamengo em Cariacica/ES.

O jogo começou e o favoritismo da Raposa já era notório. Jogava em casa, com apoio da "China Azul". Com toda tranquilidade. Mesmo assim pressionava os cariocas. O gol azul saiu ainda na primeira etapa inicial, em cabeçada de Bruno Rodrigo, após cruzamento de Arascaeta. Gol importantíssimo para o zagueirão, que vinha sendo contestado por falhas. Gol da confiança.

Na etapa final, a Raposa seguiu pressionando, perdeu algumas chances, mas os jogadores aproveitaram para diminuir o ritmo. Fim de jogo: um a zero. Raposa classificada.

Agora o foco é no Flamengo. Mais do que nunca, é primordial a vitória no domingo.

 

Amanhã acontecem os sorteios das quartas de final. E poderemos ter um ATLÉTICO x CRUZEIRO. Seria histórico!

 

 

 

 

   Um abraço à todos!

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!