Volume
Redes
Sociais
Após 50 anos, Geraldo Vandré volta ao palco, com orquestra sinfônica na Paraíba
19/03/2018 - 17h34 em Música

                                                                                Após 50 anos, Geraldo Vandré volta ao palco, com orquestra sinfônica na Paraíba

cantor e compositor Geraldo Vandré vai fazer dois shows em João Pessoa, quase 50 anos após subir ao palco pela última vez no Brasil, em 12 de dezembro de 1968 - um dia antes da publicação do Ato Institucional nº5 (AI-5), durante o governo militar. "Eu tenho noção da importância desse concerto para o país”, afirmou.

O artista paraibano vai se apresentar ao lado da Orquestra Sinfônica da Paraíba em um concerto/recital nos dias 22 e 23 de março, na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural José Lins do Rêgo.

Os ingressos gratuitos para os dois dias de apresentação serão distribuídos no dia 21 de março, a partir das 10h, no Espaço Cultural José Lins do Rêgo. Em 2015, 

Geraldo Vandré promete ainda recitar poemas de sua autoria: “Pode ser ainda que entre uma apresentação e outra eu recite alguns de meus poemas. Vai depender da emoção do momento", disse o artista.

Geraldo Vandré

 Geraldo Vandré é um dos principais ícones da música popular brasileira. O paraibano de João Pessoa é compositor de clássicos como “Caminhando (Pra não dizer que não falei de flores)”, “Disparada”, “Fica Mal com Deus”, dentre outras.

No auge da carreira, depois de fazer o Maracanãzinho lotado, no Rio de Janeiro, cantar o refrão de “Para não dizer que falei de flores”, foi obrigado a sair do Brasil. Tempos depois, o regime militar condicionou sua permanência no país ao compromisso de não cantar músicas de protesto. Desde então, não fez mais nenhuma apresentação pública.

(Foto: Giovanna Ismael/Jornal da Paraíba/Arquivo)

Fonte: G1: https://goo.gl/KaGtkx

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!